Respostas para suas Perguntas

Respostas para suas Perguntas

Qual a diferença entre um Corset e um Corselet, ou Cinta Modeladora?

O Corset é uma peça muitíssimo mais estruturada do que estas outras peças encontradas com facilidade no mercado, além de ser feito sob medida para o corpo de cada cliente, o Corset é uma peça capaz de moldar a sua silhueta de forma definitiva, (através do tight lacing) diferente dos modeladores e cintas, que só moldam o corpo momentaneamente, o corset tem curvas mais elaboradas, destacando a silhueta feminina de forma única, e quando usado corretamente, pode atenuar queixas comuns do dia a dia da mulher, como cultores marcados, ou cintura dupla (comuns com o uso continua de calças de cintura baixa), corrigir a postura e chapar o abdômen atenuando o acúmulo de tecido adiposo na parte inferior frontal da barriga, pode também ajudar a planificar “Estômago Alto” ou costelas saltadas, além claro de seu efeito mais valorizado/desejado: o de afinar a cintura com eficácia e conforto.

Porque devo investir em um Corset e não um Modelador ou Cinta?

O Corset é uma peça muito superior aos modeladores. O corset pode reduzir em média 10 centímetros de cintura quando totalmente ajustado ao corpo, tal redução só é possível devido a construção elaborada da peça e sua forte estrutura, e tais efeitos são impossíveis de serem atingidos com o uso de uma cinta ou modelador de tecidos elásticos. O corset REDESENHA a silhueta do seu corpo, destacando suas curvas, deixando-as mais harmoniosas e te da um novo shape, indo além de simplesmente comprimir o tronco, como as cintas comuns. Além claro, do luxo de ter uma peça feita sob medida para o seu corpo, que irá atuar nas áreas específicas que você precisa, e também ser uma peça de durabilidade altíssima.

Qual a importância de tirar as medidas corretamente? Como faço para tirar minhas medidas?

Aqui em nosso site temos um vídeo explicativo de como fazer a medição.

Ele também está disponível para visualização durante o processo de compra.

Recomendamos o máximo de atenção possível durante o processo de medição, pois este passo é fundamental para que você receba em casa uma peça de caimento perfeito, com anatomia correta e que só lhe trará benefícios. Separe um momento tranquilo do seu dia para tirar as medidas, use somente fita métrica, vista uma lingerie confortável e fique de frente para um espelho e com a postura correta na hora de medir seu corpo.

Lembre-se: Você deve pensar em como o Corset irá interagir com o seu corpo, sua roupa, lingerie e até mesmo em suas atividades cotidianas. O Corset não deve ficar longo, a ponto de incomodar quando você estiver sentada/o, ou ficar curto, a ponto de não lhe oferecer o suporte necessário quando amarrado ao corpo.

NUNCA é recomendado tirar as medidas com outro profissional, seja costureira, modelista, personal e etc… Pois na maioria dos casos onde há auxílio para tirar as medidas, estas sempre acabam sendo enviadas para nós de maneira errada e/ou confusa e este é um fator primordial que colabora para que seu corset NÃO apresente o caimento ideal quando chegar até você, podendo até mesmo prejudicar o seu corpo a longo prazo.

Caso haja erros na medição, sempre existe a possibilidade da peça ser reformada ou refeita, mas infelizmente isso acarretará em custos para a/o cliente, então fiquem sempre alertas e atentas na hora de tirar as medidas.

Consigo respirar e/ou me movimentar normalmente com o Corset?

Sim, ao contrário do que se pensa, o Corset, quando feito por profissionais especializados, como aqui na Ferrer Corsets, é muitíssimo confortável, a compressão da peça será feita somente na região da cintura, deixando o tronco livre na parte inferior e superior SEM que a peça perca os efeitos de suporte ao tronco. Nos primeiros dias a adaptação à peça pode ser difícil, porém, com o hábito diário, seu corpo sentirá o corset cada vez mais confortável e ajustado às suas curvas naturais. No que diz respeito aos movimentos diários, sim, a peça permite que a maioria dos movimentos sejam feitos normalmente, mas claro, com parcimônia, já que a peça é firme e não irá expandir ou se curvar como o seu corpo normalmente faria, desta forma, é importante evitar esforços maiores, curvar a coluna e é VETADO o uso da peça durante exercícios físicos.

O Corset pode ser usado de forma discreta por baixo da roupa? Como uma lingerie?

Sim, o Corset é projetado para ser discreto e principalmente confortável durante o seu uso cotidiano, o Corset só irá ficar evidente por baixo da roupa caso você use ele com peças de malha muito ajustadas ou qualquer peça de vestuário que seja mais colada ao corpo, assim como um Soutien com bojo também marcaria, mas na maioria dos guarda roupas o Corset é muito discreto para ser usado diariamente.

É verdade que o Corset faz mal a saúde?

MITO. Quando feito com responsabilidade, seguindo exatamente as medidas da pessoa que irá fazer uso da peça, o Corset é uma peça que só traz benefícios desde que associada à um estilo de vida saudável, com exercícios e uma dieta balanceada. O uso indiscriminado de peças feitas em larga escala, como as encontradas em tamanhos “p”,”m”,”g”,etc, no comércio comum podem sim fazer mal ao corpo e trazer malefícios à saúde. O Corset é uma peça exclusiva, feita especificamente para seu corpo, suas medidas e suas curvas, isso garante a total segurança no uso da peça.

Todos os Corsets tem amarração nas costas e abotoaduras na frente?

Sim, a amarração na parte de trás dos corsets é uma característica que acompanha a peça desde seu surgimento, essa amarração permite a regularem gradual da peça, de acordo com o ritmo de adaptação do seu corpo, bem como permite que em dias de maior desconforto, inchaço, tpm , etc, você use a peça menos apertada e com mais conforto. No que diz respeito às abotoaduras frontais, sim, todas as peças tem abertura frontal, a abotoadura dos Corsets é chamada de BUSK, e apesar de parecerem pequenos botões de encaixe feitos em metal, estes na verdade são parte de uma peça rígida e metálica localizada internamente na parte da frente do seu Corset, esta base firme e rígida permite um caimento perfeito do seu corset, ajuda no suporte ao abdômen, e mantém a peça firme, esticada (junto com as barbatanas), mesmo quando você se sentar com seu corset ele irá permanecer esticadinho e sem dobras, diferente das cintas modeladoras.

É verdade que as estruturas do Corset são feitas em aço?

Sim, cada corset possui em média 20 barbatanas de aço inox, algumas mais rígidas e outras flexíveis, chamadas também de barbatanas ortopédicas, por sua facilidade em se adaptar às curvas do corpo, além disso, há também o busk, que é a abotoadura frontal do Corset, que também é feito em uma base rígida de aço inox, provendo um ótimo suporte ao abdômen. O Corset é uma peça feita para durar, por isso suas estruturas são reforçadas e emolduram as curvas de forma suave e eficaz.

Quanto tempo meu Corset vai durar?

O Corset é projetado para durar muito tempo, com reforços nas áreas de maior desgaste, porém a durabilidade pode variar muito, as peças de uso esporádico, em ocasiões pontuais, podem durar anos e anos. Já as peças usadas diariamente (para a prática do tight lacing *link*) tem uma durabilidade média de 6 a 14 meses dependendo de qual modelo ou linha de produtos e claro, da realidade cotidiana de cada usuária, quanto mais horas diárias de uso, menor é a durabilidade da peça. Para garantir uma boa durabilidade é importante cuidar bem do seu Corset, siga corretamente as instruções contidas neste site.

Como se lava ou se faz a manutenção de um Corset?

O Corset é feito inteiramente com materiais de alta resistência e durabilidade, porém, tais características, para serem mantidas, dependem de uma boa manutenção e cuidado por parte da usuária da peça. O corset pode ser desgastar mais quando é mais alongado do que deveriam, este tipo de desgaste, quando aparece nos primeiros meses de uso da peça, podem indicar que você fez a medição errada, para evitar desgaste por atrito na parte inferior e superior, tire suas medidas corretamente (*link*). Com relação a lavagem da sua peça, não há com o que se preocupar, indicamos o uso de um sabão NEUTRO, de preferencia que seja específico para roupas delicadas, diluído em água, em quantidade suficiente para cobrir o corset na solução. O ideal é deixar a peça de molho de um dia para o outro, por no máximo 8 horas em caso de peças pretas, ou 12 horas para peças em cores claras, após o período de molho, que é quando a sujeira irá sair das dobras internas da peça e se diluir na água com sabão, o recomendado é o enxágüe veemente da peça, em água abundante, afim de que qualquer excedente de sujeira ou excesso de sabão sejam retirados das partes internas e não haja acúmulo de resíduos. Estenda o seu corset em um lugar arejado e sem luz solar direta, e deixe que seque durante todo o dia, antes de usá-lo novamente, verifique se a secagem foi completa, apertando as regiões onde ficam as barbatanas para averiguar se estas de fato estão secas. Não há necessidade de passar a ferro seu Corset, pois devido as pressões quando este for vestido, todas as fibras ficarão novamente esticadas e lisas quando vestido no corpo. Não faça a lavagem da peça em máquinas de lavar, pois a centrífuga pode empenar os componentes de aço do seu Espartilho. Sem maiores problemas, sinta-se livre para fazer a higienização da sua peça em casa, tomando os cuidado acima descritos você irá garantir ótimos resultados e durabilidade. Caso prefira, algumas redes de lavanderias profissionais podem fazer a limpeza da peça por você, basta solicitar que este serviço seja feito à mão, e informar que sua peça possui partes metálicas.

O Corset ajuda a emagrecer?

Não, o corset em si não provoca nenhum aumento de gasto calórico diário que possa se refletir em uma futura perca de peso com o uso dele. Porém muitas clientes relatam que o Corset às ajudou a reduzir peso, além de perder medidas, pois, com o uso diário prolongado, o apetite se torna mais controlado, já que a sensação de fome é atenuada devido o aperto do Corset.

Existe idade ideal para usar o Corset?

Não, desde mulheres que estão na fase da adolescência, até mulheres com mais idade (acima dos 40 anos) podem usar o Corset.
Para as adolescentes é recomendado o uso do Corset levemente ajustado ao corpo, não sendo recomendados apertos mais fortes nesta fase de desenvolvimento do corpo. O uso do Corset nesta fase da vida pode trazer benefícios para a silhueta que irão acompanhar esta mulher por muitos anos no futuro, mas é importante ter o aval de um pediatra ou ortopedista, bem como o consentimento dos pais para a introdução destes hábitos.
Mulheres acima de 40 anos também podem se beneficiar do uso do Corset, sendo este um grande aliado na manutenção da silhueta e das curvas naturais do corpo que tendem a se tornar menos evidentes com o passar do tempo. Nesta fase da vida, é recomendado que as usuárias de Corset façam acompanhamento médico para avaliar possíveis riscos e reforcem a carga de exercícios físicos com acompanhamento atencioso de um profissional, afim de suprir qualquer eventual perda de tônus muscular.

O Corset ajuda na postura?

Sim, o Corset quando feito sob medida e da maneira correta é uma peça com estruturas reforçadas e que dão suporte à região do tronco, oferecendo assim uma boa sustentação para a coluna e muitas vezes acaba atuando com um reeducador postural. Vale ressaltar que para praticantes do Tight Lacing ou pessoas que usem a peça por mais horas durante o dia, devem introduzir exercícios físicos que mantenham o tônus e a força muscular na região do abdômen e costas para que, quando sem fazer uso do Corset, o corpo possa por si só manter a postura ideal.

O que é o Liner e o Protetor Costal?

Todos os Corsets da Ferrer Corsets acompanham um protetor costal e um liner. O protetor costal é uma aba reforçada de tecido com barbatanas internas que protegem as costas do atrito com os cadarços na hora de vestir ou folgar o Corset. O protetor pode ser retirado, caso seja o desejo da usuária, sendo recomendado recolocá-lo caso esta observe que os cadarços a estejam incomodando durante ou após o uso, o protetor também pode ser dispensado quando o Corset estiver quase ou totalmente fechado nas costas. O liner é um simples tubinho de malha de toque macio e gelado que irá atuar como segunda pele, protegendo todo o entorno da região do tronco do atrito e aperto do Corset, além de evitar que a peça torne-se suja na parte interna mais rapidamente.

Qual o melhor ou mais recomendado modelo de Corset?

Existem Corsets de diversos tipos e para diversas finalidades, mas para o uso de iniciantes na prática do Tight Lacing ou pessoas que desejam apenas o melhor que um modelador pode oferecer, o modelo mais recomendado é um Underbust (peça que envolve desde o tórax até a região dos flancos) confeccionado em tecidos macios e arejados, tais como a sarja de algodão ou a tela de poliéster. Caso tenha alguma dúvida ou deseje saber sobre outros tipos de Corsets, entre em contato conosco no final deste página.

Quantos centímetros irei reduzir com o meu primeiro Corset?

A maioria dos Corsets são confeccionados com 10 centímetros a menos do que a medida natural de cintura da cliente, mantendo as medidas naturais na região de tórax e flancos. Para as clientes que usam a peça apenas como modelador e em ocasiões pontuais a peça pode reduzir alguns poucos centímetros momentaneamente enquanto vestida no corpo, já para aquelas que são adeptas do Tight Lacing a redução de 10 centímetros pode se refletir em uma perca natural de algo em torno de 4 a 6 centímetros de cintura quando esta estiver sem a peça no corpo, após algumas semanas ou meses de treinamento.

Recebi o meu Corset, mas ele parece estar folgado na parte superior e inferior, o que devo fazer? (Breaking In ou Seasoning).

Antes de tudo é preciso verificar se você fez a medição correta do seu corpo para a fabricação da sua peça. Ressaltamos que todos os Corsets feitos em nosso Ateliê passam por uma rigorosa inspeção de medidas em todos os processos de fabricação, no total as medidas de cada cliente são verificadas 5 vezes durante a confecção. Desde que as medidas tenham sido enviadas à nós corretamente é normal que nos primeiros dias ou nas primeiras semanas o Corset fique um pouco folgado ou distante do corpo na região superior (tórax) e inferior (flancos) e com uma abertura maior na região das costas. Porém, com o uso contínuo e adaptação do corpo à peça, a cintura deverá se tornar mais flexível e aos poucos o tronco vai assimilar as formas do Corset e a região de tórax e flancos vão se tornando a cada dia mais aproximadas e assentadas no corpo. Isto se chama, breaking in ou seasoning, que são termos mais conhecidos no exterior e não tão conhecidos e divulgados no Brasil.

Qual o melhor tecido para o meu Corset?

Os Corsets podem ser confeccionados nos mais diversos tipos de tecidos e materiais, porém, para peças de uso diário é recomendado o uso de tecidos mais fortes, macios e arejados para garantir um maior conforto, sendo assim, os mais recomendados são: a sarja de algodão (que é um tecido forte, encorpado, mas muito macio) e a tela de poliéster (que é um tecido de altíssima resistência, durabilidade e por ser vazado e muito fino permite que a pele respire normalmente).

O Corset modela os quadris?

Não, o Corset deve envolver o seu corpo apenas na região do tronco, indo do tórax aos flancos. Os quadris ficam bem abaixo da região dos flancos e normalmente Corsets de uso diário não chegam a esta região e sendo assim, não podem atuar como modeladores para os quadris. Além de ergonomicamente não ser recomendado o uso de uma peça que restringiria demasiadamente os movimentos.

O que são as ancas ou Corsets com ancas?

A modelagem dos Corsets pode ser um pouco mais alongada nas laterais, envolvendo mais a área dos flancos, estas laterais mais alongadas são chamadas de ancas, porém, estas tornam o uso do Corset menos prático no dia a dia e dificultam o uso do Corset combinado com calças jeans, shorts e etc. As ancas podem ser adicionadas à modelagem do Corset, porém com alterações no orçamento final.

Estou em processo de emagrecimento, posso adquirir meu Corset agora ou devo esperar atingir o peso ideal?

Depende, para grandes reduções de peso o ideal é que a fase mais intensa da perca já esteja finalizada. Apesar disso e caso não seja empecilho, a usuária que desejar aliar o uso do Corset à perca de peso, mesmo que mais extensa, pode optar por confeccionar peças e ir substituindo-as por modelos mais atualizados de acordo com as suas reduções de medidas, o que mostra-se muito eficaz como estímulo para a contínuo emagrecimento e construção e adaptação à nova silhueta.
Logo, na Ferrer Corsets, acreditamos que o Corset é um forte aliado e ótimo estimulo à reeducação alimentar, perca de peso e introdução de hábitos saudáveis ao dia a dia, assim sendo, para quem pretende também eliminar apenas algo em torno de 5 a 10 quilos, o Corset pode ser confeccionado com alguns poucos centímetros a menos do que suas medidas naturais, para que esta mesma peça possa continuar a ser usada quando findada a redução de peso.

Passei recentemente por cirurgia plástica ou operação (ex.: implante de mamas, lipoaspiração, lipoescultura, bariátrica, etc), posso usar o Corset?

No caso das cirurgias e intervenções plásticas, o uso do Corset só deverá ser iniciado caso o procedimento tenha sido extremamente bem sucedido, sem maiores complicações internas ou dificuldades na recuperação destas e é muitíssimo importante que o médico responsável pelo acompanhamento e procedimento cirúrgico dê o aval e a segurança de que seu corpo está pronto para o uso do Corset ou para a prática do Tight Lacing, lembre-se que é fundamental a fase de cicatrização estar completa e a importância da manutenção ou intensificação dos exercícios físicos (principalmente nos casos de implante de mamas, pois para estes o corpo e principalmente a região do tronco estão forçando a musculatura a sustentar o novo peso dos seios).
No caso de pessoas que passaram pela cirurgia bariátrica, além das recomendações acima no que diz respeito à bem sucedida recuperação, boa cicatrização e intenso acompanhamento médico e profissional (psicológico, nutricionista, cardio, ortopedista, gastro, personal trainer), é importante que a fase de perda mais intensa do peso já esteja completa e que esta seja agora gradual. É importante que a dieta esteja regulada e suplementada de acordo com as orientações médicas. Com todos esses detalhes acertados, cabe ao paciente conversar com o seu médico para que este dê o aval e a segurança de que seu corpo está pronto para o uso do Corset ou para a prática do Tight Lacing. Desta forma, o Corset poderá começar a ser usado ainda durante a fase de eliminação dos últimos quilos, sendo um bom aliado na reeducação da postura, trabalhando o início da construção do que será uma nova silhueta no futuro próximo e como um ótimo estímulo à autoestima.